Português Español English

QUACC

Mostrar items por tag: Quantum Lab

O Grupo Quantum tem como carro-chefe uma pesquisa comportamental, aplicada individualmente, por meio da internet, ao mapear as características comportamentais dos sujeitos à pesquisa, a qual se apresenta através de um recurso tecnológico - o Método Quantum. Esta ferramenta revela aspectos importantes sobre o comportamento de pessoas, equipes e empresas.

3º Congresso latino-americano de orientação profissional e de carreira + 10º Simpósio brasileiro de orientação vocacional e ocupacional + 1º Fórum de pesquisa em orientação profissional e de carreira.

Por Natália Guimarães Leardini

O evento citado acima ocorreu entre os dias 19 e 22 julho de 2011, no Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, e foi organizado pela Associação Brasileira de Orientação Profissional (ABOP). Como tema principal, foram discutidas as novas demandas sociais e a universalização do acesso à orientação profissional e de carreira.

Atualmente temos vasta informação sobre as emoções e o comportamento, isto nos possibilita a aplicabilidade de novos conceitos no meio pessoal, profissional, relacional e educacional, ou seja, em todos os campos em que envolvem as relações humanas, pois o esperado é que o homem se torne mais equilibrado em suas atitudes.

O equilíbrio sugere controle, um saber agir consciente e responsável.  É um ato de desenvolvimento de competência pessoal.

É necessário frisar que o homem que sabe usar com equilíbrio seus impulsos se torna proativo. Ele avalia a possibilidade de correr riscos, enfrenta com segurança, ousadia e decisão as situações de conflito ou confronto, é capaz de ultrapassar as barreiras usando suas potencialidades e equilíbrio emocional.

O impulso é natural e intrínseco ao homem, ele é necessário como uma ação ou resposta orgânica, que pode ser avaliado, compreendido e treinado para ser bem utilizado. No entanto, deixar-se dominar pela impulsividade não é saudável.

Impulsividade não é agressividade, não é ousadia, não é espontaneidade.

Para usar o impulso de forma adequada é necessário conhecimento de si mesmo, saber avaliar as suas potencialidades, ter controle emocional e dimensionar as possibilidades de enfrentamento. Diria que é fazer uso da inteligência emocional.

A aprendizagem do equilíbrio emocional pode ocorrer por meio de psicoterapia, meditação, artes marciais, ioga, caminhada ao ar livre, entre outros. A leitura sobre o assunto é importante, porém é necessária a prática em si mesmo da mudança de comportamento; não basta ter o conhecimento intelectualizado, ele deve estar internalizado. Deste modo, o indivíduo se torna espontâneo com sabedoria.

A busca é o desenvolvimento do homem com uma visão estratégica de vida a partir do conhecimento de si mesmo.

Você já fez a interpretação de seu mapa quântico para auxiliar a melhor compreensão de suas competências?

Nós do Quantum Lab desenvolvemos uma avaliação de seu perfil comportamental para auxiliá-lo na descoberta de suas potencialidades. Investimos nosso know-how no aprimoramento de novos instrumentos que possam dar embasamento para seu autoconhecimento e, desta forma, orientá-lo para o uso adequado de suas competências, habilidades e aptidões, inclusive da impulsividade.

Por Ana Maria wonderful dating sites free Canzonieri

A mitologia é a criação e o estudo de mitos e lendas. Por meio dela, o homem procurou explicar sua história e o mundo à sua volta, emprestando partes de sua natureza a deuses, heróis, ninfas, entre outros personagens. Atualmente, ao entrar em contato com estas criações podemos refletir e até mesmo transcendermos em nossos pensamentos.

Dédalo (escultor, arquiteto, artesão e engenheiro) vivia para criar obras que servissem para melhorar o trabalho dos cidadãos do seu tempo. No entanto, ao cometer um crime, é condenado a produzir apenas aquilo que lhe ordenavam, dentro das necessidades dos Estados que o fazem prisioneiro. Uma vez em Creta, Dédalo cria o Labirinto de Cnossos, que deveria conter a fúria do Minotauro. Mais tarde, o arquiteto e seu filho, Ícaro, são atirados no labirinto: o objeto de arte aprisiona o artista. O labirinto, presídio complexo, é a mente do gênio escravizado.

Dédalo então pensa: “Os homens não têm asas, mas nós podemos construí-las para conseguirmos voar daqui”. Ícaro fica um pouco receoso, mas acredita em seu pai, que finalmente, constrói dois pares de asas brancas para levá-los pelos céus da Grécia.

Preocupado, o pai recomenda carinhosamente ao filho que voe sempre numa altitude média: nem baixo demais (para não mergulhar as asas no mar) e nem alto demais (para não queimar as penas no sol).

Dédalo vai à frente, e Ícaro, deslumbrado com a beleza, deixa-se chegar perto demais do sol. As asas começam a se desfazer e Ícaro mergulha no mar. Quando Dédalo olha para trás, não encontra o filho. Na superfície das águas duas asas brancas flutuam perdidas, como perdido estava o sonho de liberdade.

Com esta história podemos perceber que o homem se salva por meio do trabalho e da arte, bem como pela flexibilidade entre a liberdade e o cuidado. Desta forma, junto ao Método Quantum, podemos inferir que pessoas com o Fator R (referenciais externos) muito baixo, devem tomar cuidado para não se deslumbrarem e voarem muito alto, pois o sol pode queimar suas asas, ou, dentro de uma organização, se depararão com situações que requerem maior cuidado para não agir com imprudência. No entanto, pessoas com Fator R (referenciais externos) muito alto, devem ter atenção para que não fiquem trancafiadas e encerradas dentro de um enigma, sem encontrar a saída do labirinto, enrijecendo assim sua capacidade criativa.

Nem alto demais e nem baixo demais, esta é a questão crucial da flexibilidade, conseguir se adaptar às situações de forma suave, sem se colocar em situações complicadas, mas obtendo soluções adequadas para cada momento.

Por Natália Guimarães Leardini

Referência:

Versão do mito em Mitologia (Coleção Abril Cultural).

O Laboratório de Desenvolvimento Quantum (CLARIM) durante 8 anos foi associado ao Grupo Internacional Quantum Leap Inc., que tinha como diretor o co-criador da Programação Neurolingüística - John Grinder.

A expressão Quantum Leap, significando uma mudança súbita, vem da física, especificamente da mecânica quântica. Refere-se a uma transição repentina de um estado energético para outro. A palavra quantum vem do latim quantuns - "quanto" - e é uma unidade usada para medir quantidades muito pequenas de energia.

Daí a escolha do nome Quantum. No sentido figurado, a Quantum Leap indica qualquer mudança ou avanço repentino e espetacular.

Na cultura da Quantum Assessment entendemos que com pequenas atitudes e mudanças, grandes saltos são possíveis.

Assessment, em inglês, corresponde a avaliação, mas no ambiente corporativo corresponde cada vez mais ao conceito de gestão profissional. Em síntese: avaliar competências, conhecer com maior eficiência e critério as pessoas, autoconhecimento e gestão do conhecimento. Evoluindo, o Assessment Management é a designação contemporânea para a identificação do gerenciamento por intermédio de técnicas e avaliações que conduzem ao diagnóstico do conhecimento potencial das pessoas.(Wikipédia)

A primeira das ações organizadas pelo sexo feminino foi uma marcha de protesto contra os baixos salários e as más condições de trabalho, no dia 8 de Março de 1857.

Profissionais liberais norte-americanas criaram a Women’s Trade Union League em 1903, cujo foco de ação era o auxilio às trabalhadoras na luta por melhores condições de trabalho.

Em 1908, mais de 14 mil mulheres caminhavam com o slogan ”Pão e Rosas”, reivindicando melhores salários e condições de trabalho, bem como o direito de voto. O pão simbolizava a estabilidade econômica e as rosas uma melhor qualidade de vida. Houve um decreto que estabeleceu o último domingo de fevereiro como o Dia Internacional da Mulher, entretanto foi em 1913, durante a conferência mundial das organizações socialistas, que a revolucionária alemã Clara Zetkin propôs o 8 de Março como o Dia Internacional da Mulher.

Em 2011, o Quantum Lab, laboratório de pesquisas do Grupo Quantum, traz um dado revelador sobre as conquistas profissionais das mulheres como empreendedoras.

Em uma pesquisa realizada, em 2010, pelo Quantum Lab, com 43 mulheres empreendedoras de fontes diversificadas, obteve-se o seguinte resultado: 2 mulheres na presidência de empresas, 15 em postos de diretoria e 7 como empresárias. Destas 48% possuem mais do que uma formação; 50% possuem salários entre 10 a 20 SM, trabalham em setores de prestação de serviços e buscaram a profissão por vocação, por paixão ao trabalho.

Pela utilização do instrumento Método Quantum, produto desenvolvido pelo Quantum Lab, obtivemos um perfil comportamental que nos mostram que nestas mulheres há uma forte expressão em tomadas de decisão, comunicação predominante, versatilidade e tendência em conduzir as ações pautadas em regras e referenciais, porém quando solicitadas pelo meio, conseguem se tornar mais criativas em função da necessidade em flexibilizar o uso dos referenciais.

De modo geral as mulheres possuem uma sobrecarga em seus afazeres, mantendo um maior nível de preocupação na execução de tarefas. Estão mais voltadas para as pessoas, no entanto, sabem conduzir resultados. Também, conseguem fazer os processos de manutenção, sem perder de vista as oportunidades, a expansão e novas conquistas.

A valorização e o respeito pela mulher devem ser demonstrados o ano todo. O dia 8 de março foi escolhido para homenagear e comemorar a existência de todas as mulheres durante os outros 364 dias, por isso nós estamos aqui, para parabenizá-la e mostrar o valor da mulher. Parabéns!

Por Ana Maria Canzonieri, Natalia Guimarães Leardini e Nisia Neves Kappler Vaz

A cultura é o reflexo de comportamentos e atitudes de um determinado grupo. Cada indivíduo pode estar inserido em diversas culturas, podendo essas ser compartilhadas, absorvidas e transmitidas de acordo com o convívio e o meio social em que se estabelece.

Segundo Schein (2007)

A cultura é propriedade de um grupo. Onde quer que um grupo tenha bastante experiência em comum, começa a se formar uma cultura. É possível encontrar culturas em níveis de pequenos times, famílias e grupos de trabalho (SCHEIN, 2007, p. 29).

No ambiente de trabalho é onde passamos a maior parte de nosso dia e, portanto, se houver uma identificação entre o estilo pessoal e as regras, comportamentos e valores existentes na organização, é possível apreender, compartilhar e transmitir práticas com esse grupo e, assim, assumimos muito do que é partilhado por todos, nos inserindo numa cultura organizacional.

Segundo Hanashiro et al. (2008) a cultura organizacional pode ser estudada e considerada como uma metáfora da organização, ou seja, a cultura organizacional como o que a empresa é, ou pode ser analisada como variável, tomando como ponto de vista que a cultura organizacional é algo que a empresa tem. Ambas as óticas destacam com clareza a importância da cultura organizacional para uma empresa.

Dessa forma, quando a cultura organizacional é analisada, podemos desvendar muito do que é a empresa e, ainda mais, se essa cultura for gerida de forma eficaz, a empresa pode tomá-la como fonte de vantagem competitiva, como atrativo para fornecedores, clientes e novos talentos.

O Método Quantum pode, como ferramenta científica de análise comportamental, oferecer subsídios para a análise de uma cultura organizacional. Ao aplicar o Método Quantum numa determinada equipe, podemos nos deparar com tendências comportamentais semelhantes entre si, que se destacam no ambiente de trabalho em que estas pessoas estão inseridas, isto pode ocorrer pelo momento que o grupo está passando, para se adaptar ao meio, pela liderança, ou ainda pelo fator convivência.

Portanto, a ferramenta pode auxiliar em relação ao levantamento de necessidades de treinamento, ao reforço de comportamentos eficazes, à análise da liderança e ao conhecimento do grupo. Assim, pode contribuir para o reconhecimento da cultura organizacional e, consequentemente, para a gestão da mesma.

É importante salientar que ao analisarmos a tendência comportamental de um grupo precisamos saber que cada pessoa é única, assim como também cada equipe é ímpar, com diferentes formas de se manifestar, de se adaptar, de agir e sentir o que acontece ao seu redor.

Por Natalia Guimaraes Leardini

Referências:

HANASHIRO, D. M.; TEIXEIRA, M. L. M.; ZACARELLI, L. M. Gestão do fator humano: uma visão baseada em stakeholders. São Paulo: Saraiva, 2008. Ed. 2.

SCHEIN, E. H. Guia de Sobrevivência da Cultura Corporativa. Rio de Janeiro: José Olympio, 2007. Ed. 2.

A ABEM (Associação Brasileira de Esclerose Múltipla), fundada pela Senhora Ana Maria Almeida Amarante Levy, é uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, que tem como missão realizar o tratamento e propiciar o desenvolvimento da compreensão e bem estar do paciente com Esclerose Múltipla (EM), além de prestar a assistência e orientação aos familiares e cuidadores, a fim de proporcionar uma melhor qualidade de vida a todos.

A ABEM desenvolve um trabalho constante, diligente e incansável, que mantém a qualidade dos serviços de informação, divulgação e de neurorreabilitação para pessoas com EM, por meio de folhetos e livretos de orientação, aula expositiva, atendimento clínico e, em breve, um livro escrito por seus profissionais em parceria com o Quantum Lab, que representa mais um passo neste caminho e que hoje permite que em todo o território nacional, pessoas conheçam mais a Esclerose Múltipla e procurem diagnóstico e tratamento corretos.

Em função de todo este trabalho de responsabilidade social realizado pela ABEM, com caráter técnico e científico, é que o Grupo Quantum, por intermédio do Quantum Lab, realiza uma parceria de pesquisa.

O Quantum Lab fornece o instrumento Método Quantum que é utilizado no processo de avaliação, sendo aplicado no início e no fim de cada processo psicoterapêutico para verificar o perfil comportamental. Dessa forma, a aplicação dos testes possibilitou aos psicoterapeutas visualizar algumas características dos pacientes e assim desenvolver o tratamento mais apropriado para cada indivíduo. Além de toda assistência de sua equipe de pesquisadores para fomentar o desenvolvimento de pesquisas, artigos e material didático.

A ABEM desenvolve atividades que vão muito além do caráter social, pois com exercício da cidadania fomenta o conhecimento e estimula os leitores a serem multiplicadores de informações; tem o papel de educar, divulgar, enraizar o conhecimento e mantê-lo vivo, e juntamente com a parceria estabelecida com o Quantum Lab, trará inovações, ainda este ano, antes do "Dia Nacional da Esclerose Múltipla" (30/08), para que nesta data se comemorem avanços no tratamento do paciente com Esclerose Múltipla.

Por Ana Maria Canzonieri

A Quantum Assessment apresenta o Empreendedor Quântico, pesquisa comportamental científica que identifica as características empreendedoras do sujeito de pesquisa e aponta o melhor caminho para quem pensa em empreender.

Por definição empreendedorismo designa os estudos relativos ao empreendedor, seu perfil, suas origens, seu sistema de atividades e seu universo de atuação. Empreendedor é o termo utilizado para qualificar, ou especificar aquele indivíduo que detém uma forma especial e inovadora, de se dedicar às atividades de organização, administração, execução; principalmente na geração de riquezas, na transformação de conhecimentos.

Munidos desses conceitos e do espirito empreendedor, o laboratório de pesquisas do Grupo Quantum, Quantum Lab, em parceria com a Endeavor, Ong do empreendedorismo global nascida nos EUA e ativa no Brasil e no mundo, empreendeu uma importante pesquisa comportamental que teve como objetivo traçar o perfil do empreendedor brasileiro.

A pesquisa trouxe dados instigantes e inéditos sobre o temperamento e o perfil de comportamento individual, subjetivo, pessoal. Os pontos comuns da personalidade.

Desde 2005, foram feitas apresentações parciais da pesquisa com empreendedores brasileiros notáveis, que a Quantum Assessment vem realizando. Agora podemos tomar contato com os dados consolidados da pesquisa na íntegra, que avaliou o comportamento e as pulsões inconscientes de (100) cem empreendedores.

O principal objetivo da pesquisa era, através do Método Quantum, mapear características empreendedoras com excelência e identificar o que “em comum” pode ser encontrado nos empreendedores das principais empresas do País.

O Método Quantum é uma pesquisa de perfil comportamental rápida e assertiva, que permitiu ir a campo e convidar cem notáveis empreendedores para participar da pesquisa.

No momento histórico em que buscamos o equilíbrio entre o relacionamento, desenvolvimento pessoal e profissional achamos fundamental apresentar o perfil empreendedor de um dos povos mais resilientes do mundo, o brasileiro.

Foram convidados para participar da pesquisa donos de negócios com reconhecimento público e expressivamente potencias em suas áreas de atuação. “Fomos criteriosos na escolha dos profissionais, pois a pesquisa visa buscar na avaliação das tendências comportamentais inconscientes dos empreendedores brasileiros, fatores que auxiliem na metodologia do desenvolvimento de novos empreendedores, motivando a investir nas oportunidades do mercado”, conta Claudia Riecken, idealizadora da pesquisa.

Os resultados são bastante interessantes e categóricos. Quase 82% dos sujeitos de pesquisa possuem em seu mapa Quantum o fator chamado de Alto A. Este é o fator que indica o estilo de ação. Com o alto A, as tendências estão voltadas a exercer a liderança natural com ação pró-ativa, são receptivos aos desafios, corajosos, necessitam de autonomia, independência, possuem visão global e assumem riscos.

No fator que indica a comunicação e a maneira como vende idéias, 76% dos sujeitos de pesquisa possuem o Alto C. Esta orientação tem comunicação extrovertida, persuasiva, simpática e grande capacidade de adaptação às situações de relacionamento. Necessita de “status”, reconhecimento e destaque social, oportunidades de relacionamento. São pessoas extremamente comunicativas.

Já no fator E, mais de 77% dos empreendedores brasileiros prefere áreas onde agilidade e versatilidade são requerimentos fundamentais, pois priorizam bem e imprimem velocidade aos processos. Esses sujeitos são chamados de Baixo E. Pedem ambientes com muitas oportunidades e sem rotina repetitiva. Tendem a subestimar o tempo. É uma característica muito presente e bem marcante.

E para o ultimo fator, R referenciais e regras, os empreendedores demonstram a necessidade de estarem livres de regras rígidas. 82% dos pesquisados possui o Baixo R, fator do mapa Quantum que apresenta a preferência por ambientes em estruturação ou com espaço para promover mudanças, improvisa e aponta soluções criativas. São pessoas que exigem a presença de riscos e chances de criar e improvisar. Preferem a visão geral e delegam os detalhes.

Concluiu-se que empreendedores são pessoas que têm a habilidade de ver e avaliar oportunidades de negócios, prover recursos necessários para pô-los em vantagens, e iniciar ação apropriada para assegurar o sucesso. São orientadas para a ação, altamente motivados e assumem riscos para atingirem seus objetivos

E para o cidadão comum que pensa em empreender um negócio próprio ou um projeto novo? Como saber se seu perfil suporta essa carga? Traçar metas, atualizar conhecimentos ser rapido, do ponto de vista emocional, estar pronto para mudanças decorrentes da globalização e da revolução da informação.

Baseado nas estatísticas da pesquisa, a equipe de P&D (pesquia e desenvolvimento) do Quantum Lab desenvolveu o Empreendedor Quântico, relatório que mede cientificamente, as características empreendedoras do sujeito de pesquisa. Sempre usando como espelho o perfil mãe extraido na pesquisa com os cem notáveis empreendedores, este ralatório aborda questões praticas de maneira elegante e sutil. Explica onde o sujeito de pesquisa pode ter êxito ao empreender e sujere alternativas, como procurar ajuda antes de tomar uma decisão. Vale ressaltar que os resultados extraídos de cada sujeito de pesquisa são provenientes de estimulos neurológicos provocados pelas palavras marcadas ao realizar a pesquisa Método Quantum. Trata-se de uma pesquisa científica validada e reconhecida.

Na prática, estamos vivendo uma era que pede por posturas mais equilibradas e menos radicais. Com isso, ser flexível e empreendedor são características mais do que desejáveis, são fundamentais. Estas características, sem dúvida estão presentes no espírito brasileiro.

Para conhecer o Empreendedor Quântico entre em contato com o Grupo Quantum. Além do preenchimento e acesso aos relatórios, os sujeitos de pesquisa podem agendar a sua Interpretação de Mapa com a equipe da Quantum Prime. A Interpretação é um momento mágico. Tendências comportamentais e importantes orientações profissionais e pessoais são feitas e colocadas a disposição do solicitante!

Para que o nosso cliente venha a receber as informações, por meio de relatórios que são gerados pelo preenchimento do Método Quantum, existe toda uma equipe técnica, multidisciplinar, que trabalha no estudo e desenvolvimento, e na busca de novos conhecimentos. Esta equipe está alocada no Laboratório de pesquisa da empresa, e que aqui, denominamos de Quantum Lab.

Nosso foco está na constante atualização sobre o mapeamento da tendência comportamental, assim como em desenvolver novos serviços, para melhor atendermos aos nossos clientes com qualidade e respeito.

Por se tratar de uma ferramenta que fornece informações sobre comportamento, se faz necessário um trabalho sério e criterioso na elaboração destes relatórios, com uma linguagem de fácil compreensão, aliada a uma preocupação técnica.

Para que se possam constatar esta compreensão por parte dos clientes, seguem abaixo alguns comentários recebidos de pessoas que fizeram o Método Quantum, e que receberam o relatório que é gerado automaticamente on line:

1- Vocês estão de parabéns, como é que pode, com “meia dúzia de palavras” sair tanta conclusão?

2- Muito obrigada, fiz a avaliação e diante do diagnóstico resolvi fazer terapia para acertar alguns pontos , vejo que valeu a pena.

3- O relatório mostra o meu momento profissional e pessoal.

4- É de assustar o nível de assertividade desse relatório em relação à minha pessoa e às minhas atividades atuais, muito bacana!

5- O que eu li no relatório, com pouquíssimas divergências, está assustadoramente próximo com as minhas características e com o momento que vivo hoje.

6- A avaliação do meu perfil é tão detalhada e próxima a realidade que gostaria de utilizá-la junto ao meu CV.

7- No meu caso, o resultado apresentado foi esclarecedor e me permitiu entender algumas coisas que antes eu apenas achava que poderia ser.

8- Gostei muito, estão de parabéns! Teste super rápido e uma precisão espantosa.

9- Parabéns pelo trabalho e realmente está muito próximo da minha situação no momento.

10- Fiquei surpreso positivamente com vários aspectos mencionados, que retratam bem a minha maneira de agir e de pensar em relação a parte profissional.

11- Gostei muito de participar e de saber os pontos que ainda devo trabalhar e principalmente os positivos que tenho, mas que por causa dos cenários, eu não consigo utilizá-los!

12- O relatório me definiu muito bem! E felizmente, pude constatar que estou trabalhando na área correta.

13- Nem minha mãe, junto com a minha esposa conseguiriam ser tão precisas.

E você o que gostaria de nos dizer sobre o Método Quantum?

Por Nisia Kappler

Página 1 de 2