Português Español English

QUACC

Mostrar items por tag: vida moderna

Um neurocientista da Universidade de Groningem, na Holanda, realizou um estudo que determinou quais são os ingredientes necessários para que uma canção tenha o poder de nos deixar felizes. Qual será a música mais positiva segunda a ciência?
O doutor Jacob Jacob Jolij chegou à conclusão de que há três fatores fundamentais que, combinados em doses certas, podem levantar o ânimo de qualquer um. São eles: uma batida animada, uma letra inspiradora (e positiva) e a música deve estar em tom maior.
O ritmo recomendado pelo neurocientista é de 150 ou mais batidas por minuto, e isto tem uma explicação científica: a reação natural do corpo humano diante da música com ritmo acelerado é aumentar a frequência cardíaca e a circulação, o que faz com que a gente se sinta automaticamente com mais energia. No entanto, a música não pode ser excessivamente rápida porque pode se tornar cansativa.
As letras inspiradoras têm o papel de acessar memórias positivas e as notas em tom maior soam mais alegres, ao contrário das melancólicas notas menores.
Jolij foi um pouco mais além e determinou que “Don’t Stop Me Now”, da icônica Queen, é a música mais positiva de todos os tempos. Mas, antes de amá-lo ou odiá-lo por seu gosto musical, saiba que ele chegou ao hit por meio de uma fórmula:
1. “Don’t Stop Me Now” - Queen
2. “Dancing Queen” - Abba
3. “Good Vibrations” - The Beach boys
4. “Uptown Girl “- Billy Joel
5. “Eye of the Tiger’ - Survivor
6. “I’m a Believer” - The Monkeys
7. “Girls Just Wanna Have Fun”- Cyndi Lauper
8. “Linvin’ On a Prayer “- Bon Jovi
9. “I Will Survive” - Gloria Gaynor
10. “Walking On Sunshine” - Katrina & The Waves
2010 “Happy” - Pharrell Williams
2000 “Dancing in the Moonlight” -Toploader
1990 ‘Let Me Entertain You” - Robbie Williams
1980 “Uptown Girl” - Billie Joel
1970 “Don’t Stop Me Now” - Queen
1960 “Good Vibrations” - The Beach Boys
A música mais feliz do mundo

Só de escutar frases como “I’m a shooting star leaping through the skies” (eu sou uma estrela cadente saltando pelo céu) ou “I’m a sex machine ready to reload” (eu sou uma máquina de sexo pronta para recarregar) já ficamos com um ânimo diferente. Além disso, é preciso admitir que a energia fora do comum de Freddie Mercury ajuda a música a ocupar o lugar de mais positiva de todos os tempos.
Jolij fez um ranking com as canções mais positivas do mundo e de cada de cada, confira:
Publicidade
Top 10 de todos os tempos
As canções mais felizes de cada década

Muitas vezes, nos pegamos em situações nas quais estamos cobrando a perfeição de outras pessoas, preocupando-nos mais em apontar os erros do que analisar a intenção: Foi vontade de mudar para melhor? Uma iniciativa de quebrar os modelos engessados? Melhorar a rentabilidade? Aprimorar um processo? Ou simplesmente foi falta de capacitação, desobediência às regras ou à hierarquia? Comprometeu a imagem ou o resultado da organização? Foi intencional?

Isso é muito perigoso, tanto no campo profissional como no pessoal.

O famoso “errar é humano” é muito bonito, desde que não esteja escrito “herrar é umano”. Este é um grande exemplo, pois, escrito desta maneira, imediatamente deixamos de analisar a intenção e o sentido da frase e já saímos apontando o erro.

Não estou pregando aqui que deixemos de lado o bom e velho português; muito menos, defendendo que devemos aceitar todos os erros que nos apresentam.

A magnificent jewish dating rotina de trabalho, estudos e outras atividades geralmente consomem muitas horas do dia e acaba não sobrando muito tempo para que os profissionais possam cuidar da saúde.

O homem tem bicho de estimação desde que vivia nas cavernas. O cachorro, por exemplo, aparece nas mais antigas pinturas rupestres. Hoje, porém, os animais domésticos alcançaram status de membro da família. Existe um mercado voltado para eles, quase como se fossem crianças. "Nós, certamente, estamos vivendo uma época de enorme atenção em relação aos animais", afirma o professor doutor César Ades, do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.