Português Español English

QUACC

Atualização e marketing pessoal são elementos chave para carreira sustentável

Dar nota para esse item
(4 votos)

Se antigamente as empresas eram as principais responsáveis pelas carreiras de seus funcionários, e as demissões eram casos muito mais raros do que observamos atualmente, hoje os profissionais precisam correr atrás de atualização constante, saber trabalhar seu marketing pessoal e ter muita atitude para terem uma carreira sustentável.

De acordo com o presidente da Lens & Minarelli, consultoria especializada em aconselhamento de carreira de executivos, José Augusto Minarelli, “uma carreira sustentável é aquela que tem condições de continuar apesar das demissões”. Ou seja, o profissional é hábil o suficiente para se manter no mercado mesmo com as eventuais interrupções.

Nesse contexto, para que o indivíduo permaneça interessante aos olhos do mercado e que o trabalho ou serviço por ele oferecido continue tendo utilidade para alguém, é preciso se atualizar constantemente. “Como as necessidades das empresas evoluem, o profissional também precisa evoluir”, avalia Minarelli.

Atualiza-se já!

Para que seu trabalho não perca valor ao longo da sua carreira, é preciso investir tempo e dinheiro. O consultor recomenda a educação continuada, muita leitura e curiosidade sempre. Não se esqueça: estar empregado atualmente não é garantia de uma carreira certa.

A lógica é bastante simples, se o profissional se acomodar, o empregador, ou seja, aquele que está comprando o serviço, fatalmente ficará insatisfeito e se dirigirá ao mercado em busca de outro profissional. Portanto, não permita que o seu trabalho seja superado, caso contrário, você pode perder seu espaço.

Desenvolva seu marketing pessoal

O marketing pessoal também faz parte dos elementos chave que vão contribuir para uma carreira sustentável. Minarelli explica que não adianta o indivíduo ser um ilustre profissional se ninguém o conhece.

Quando as empresas vão recrutar um profissional, a prática da fam site single dating sites osa “indicação” é muito comum, ou seja, os responsáveis pela contratação vão, em um primeiro momento, consultar suas memórias. Logo, aqueles profissionais que têm um bom networking serão mais facilmente chamados.

Na hora de trabalhar seu marketing pessoal, tenha sempre em mente que é importante ser conhecido por quem interessa. Na sua empresa, faça com que os líderes de outras áreas saibam quem você é, quais são as suas competências e o que você é capaz de fazer.

Oportunidade para se expor não existe apenas dentro na empresa, fora dela o universo é ainda muito maior. Para mostrar suas competências, explore seu contato de conhecidos, fornecedores e clientes. Além disso, é interessante participar de associações profissionais, feiras, congressos e canais de comunicação que possam ser usados, por exemplo, para publicar artigos.

“Se a pessoa perde o emprego, é preciso que os demais profissionais do mercado saibam que ela existe e, mais do que isso, que é boa no que faz”, observa Minarelli. Tenha sempre em mente que as pessoas sempre podem estar precisando de alguém justamente com o seu perfil, mas, para te contratar ou te indicar para uma oportunidade, eles precisam saber que você existe.

Saúde e atitude

Dada a devida atenção aos estudos, à leitura e à atualização em geral e, depois de desenvolver suficientemente seu marketing pessoal, cuide da sua saúde, mental e física, e das suas atitudes dentro e fora da empresa.

Em relação à saúde, sobretudo a mental, saiba que ninguém consegue ter uma carreira sustentável se não for capaz de lidar com as pressões do mercado de trabalho, as quais estarão sempre presentes, não importa a profissão que você escolher. A saúde física também permite que você tenha um desempenho melhor.

Por fim, cuidar da sua atitude pode o levar longe. Observe que todos à sua volta estão prestando atenção em como você se comporta, se você é agradável e simpático ou se é egoísta e arrogante. O mercado tende a excluir aqueles profissionais que não adotam uma postura positiva e colaborativa, então se esforce em mostrar um comportamento adequado com seu chefe, seus clientes, fornecedores e nos demais relacionamentos que possuir.

Fonte: Administradores.

Faça seu comentário